O que é a Dieta Dr. Atkins


Milhões de pessoas no mundo inteiro querem emagrecer, perder peso, ficar com um corpo definido etc. E todas elas sabem que devem se esforçar muito para conseguir isso, mas não sabem muito bem por onde começar. Precisam de uma dieta balanceada que ajude no emagrecimento e mantenha a saúde em dia.

Mas qual é a melhor dieta para emagrecer? Qual é a dieta ideal para sua saúde? Isto você só irá descobrir indo a um excelente nutricionista, que irá acompanhá-lo em sua jornada por uma vida saudável e com muitos quilos a menos. Mas caso você prefira começar uma dieta sozinho, este blog irá ajudá-lo. Vamos falar aqui tudo sobre a dieta do Dr. Atkins.

 dieta do dr atkins

O que é a Dieta Dr. Atkins?

Dieta do Dr. Atkins, também conhecida como dieta da proteína, foi desenvolvida pelo cardiologista americano Robert Atkins. Seu objetivo principal é auxiliar na perda de peso de forma saudável, sem passar fome.

A idéia principal deste tipo de dieta é a de que o corpo, quando em falta de carboidratos, busca energia nas gorduras acumuladas do corpo, fazendo com que você perca peso. Mas é preciso que você esteja com sua saúde em dia e praticando exercícios físicos para que a dieta atinja o seu sucesso pleno e você perca peso rapidamente.

Como funciona a Dieta do Dr. Atkins?

Consiste basicamente em reduzir drasticamente a ingestão de carboidratos, dando ênfase maior para o consumo de proteínas em todas as refeições. Esta dieta incentiva a ingestão de alimentos de origem animal, como: carnes, ovos, peixes, bacon, embutidos, queijos amarelos etc.

É altamente recomendado que você coma o mínimo possível de carboidratos. Desta forma, é preciso evitar pães, massas, batata, mandioca, bolos, tortas, etc. Ficando liberado o consumo de bacon, ovos, presunto, queijo amarelo etc.

Etapas da dieta

A Dieta do Dr. Atkins possui essencialmente 4 fases importantes, que veremos abaixo:

1ª fase: Chamada de introdução. A primeira fase é a mais restritiva de todo o processo, onde você pode ingerir pouquíssimas quantidades de carboidratos, ou mesmo nenhuma quantidade. A limitação nesta fase é de 20g de carboidratos por dia.

Nesta fase, é permitido comer saladas e vegetais, exceto tubérculos.

2ª fase: Chamada de perda de peso. Na segunda fase, é permitido inserir mais alguns carboidratos em sua dieta, aumentando a tolerância para 25g por dia. Após a segunda semana, há uma progressão das quantidades de carboidrato, onde é permitido aumentar 5 gramas de carboidrato por dia, durante a semana. Assim, na segunda semana da segunda fase, você poderá ingerir 30 gramas de carboidratos por dia, na próxima semana, 35 gramas e assim por diante.

Você deverá seguir neste processo até perceber o momento em que seu corpo parar de perder peso. Aí será só diminuir 5 gramas da sua cota diária permitida de carboidratos e continuar com este limite nas próximas semanas. Desta forma, você será capaz de manter o seu peso, ingerindo uma quantidade diária de carboidratos que não irá fazer você engordar.

3ª fase: Chamada de pré-manutenção. Agora que você já passou pela fase de introdução e da perda de peso constante, será possível entrar na fase de manutenção do seu peso corporal. Caso você decida por interromper a sua perda de peso, será possível aumentar sua quantia diária de carboidratos em até 10 gramas.

4ª fase: Chamada de manutenção. Nesta etapa, você ainda continuará perdendo peso, devido à ingestão de carboidratos regrada, porém, a variedade de alimentos ingeridos será maior. O que não era possível em outras etapas da dieta.

Posso perder quantos quilos?

Esta dieta promete uma grande perda de peso já no primeiro mês, podendo chegar a 8kg. Porém, boa parte desta perda é de massa magra, o que pode não ser totalmente benéfico para sua saúde. Principalmente para aqueles que desejam ter um corpo bem definido.

Efeitos colaterais

Esta dieta pode provocar alguns efeitos, como: tontura, sono, alteração de humor, tremores e propensão a desmaios. Porém, isto acontece em alguns casos, e não na maioria das vezes. Tudo dependerá da saúde do praticante e seus hábitos alimentares posteriores, bem como sua prática de atividades físicas.

Não é indicada para gestantes e pessoas com problemas renais, uma vez que o rim é muito exigido na primeira semana da dieta. Aqueles que tem altos níveis de ácido úrico também devem evitar esta dieta.

15 thoughts on “O que é a Dieta Dr. Atkins

  1. Pingback: Cardápio da Dieta Dr. Atkins - Dieta Dr. Atkins

  2. Pingback: Efeitos colaterais da Dieta Dr. Atkins - Dieta Dr. Atkins

  3. Pingback: Leia e baixe grátis o livro "A Nova Dieta Revolucionária do Dr Atkins" - Dieta Dr. Atkins

  4. Pingback: Dieta Dr. Atkins funciona mesmo? - Relato | Dieta Dr. Atkins Dieta Dr. Atkins

  5. Pingback: Dieta Dr. Atkins - Produtos alimentícios | Dieta Dr. Atkins Dieta Dr. Atkins

  6. Pingback: Saiba mais sobre a Dieta Dr. Atkins | i9 Artigos

  7. Pingback: Biografia Dr. Robert Atkins - Conheça o criador da dieta | Dieta Dr. Atkins Dieta Dr. Atkins

  8. Pingback: Dieta da proteína e Dieta Dr. Atkins são a mesma coisa? | Dieta Dr. Atkins

  9. Pingback: Benefícios da Dieta Dr. Atkins | Dieta Dr. Atkins

  10. Pingback: Dieta Dr. Atkins x Bebida Alcoólica - Pode beber? | Dieta Dr. Atkins

  11. Pingback: Saiba mais sobre a Dieta Dr. Atkins | BW Artigos

  12. Corrige ai em cima “Boa parte dessa perda é de massa magra”
    claro que nao…massa magra é massa muscular..entao oq se perde é gordura! corrija por favor!

  13. Pingback: Dieta Atkins ou Dieta da Proteina | Lorisbelta

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>